o preço dos combustíveis voltou a aumentar, com a gasolina simples a subir mais do que o gasóleo simples. É a quarta semana consecutiva de aumentos, e desta vez nem o GPL escapou.

O preço médio do gasóleo simples subiu 0,6 cêntimos por litro, fixando-se em 1,60 €/l, enquanto o preço da gasolina simples 95 aumentou 1,1 cêntimos, passando para 1,748 €/l. O GPL também teve um acréscimo de 0,3 cêntimos, chegando a 0,826 €/l. Nas últimas quatro semanas, o gasóleo simples subiu 7,3 cêntimos por litro, e a gasolina simples 95, 4,6 cêntimos. Os valores são fornecidos pela Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG) e já incluem descontos e medidas governamentais.

Nas principais gasolineiras, a Galp e a BP aumentaram o preço do gasóleo simples em um cêntimo por litro e o da gasolina em 1,5 cêntimos. A Repsol, por sua vez, subiu o preço do gasóleo simples em meio cêntimo, e o da gasolina simples e do GPL em um cêntimo por litro. Estes preços são médios e indicativos, podendo variar nos postos de abastecimento.

As medidas do governo para mitigar o aumento dos preços dos combustíveis continuam a influenciar o valor pago pelos consumidores. Até ao momento, não houve novas atualizações nas medidas de redução fiscal desde outubro de 2023. Atualmente, o desconto fiscal no ISP é de 15,1 cêntimos por litro de gasóleo e 16,3 cêntimos por litro de gasolina, totalizando uma redução de impostos de 25,1 cêntimos para o gasóleo e 26,1 cêntimos para a gasolina.